domingo, 29 de junho de 2014

Encanto E Magia - Araan.



Algumas ternuras crescem
dentro da gente assim
como crescem os lírios nos
campos.
Quando menos se espera
já ocupou tanto, tanto.
Algumas ternuras tem o dom
de despertar em nós
doçuras adormecidas...

...Cheiram a brisa
numa manhã primaveril
Tem o sabor da lua em noite
estrelada e são livres
como asas de borboletas.

         (Arnaldo Rabelo)




20 comentários:

  1. Linda poesia! beijos, um domingo lindo pra ti! chica

    ResponderExcluir
  2. Que bela poesia,Aaran! Ternuras que nascem e só percebemos um tempo depois...bjs e boa semana pra vc,

    ResponderExcluir
  3. Doce e leve poema.Amei

    Beijinho e um domingo feliz

    http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  4. Que lindo Araan

    Que está ternura encontre cada vez mais espaço dentro de nós...

    Beijos
    Ani

    ResponderExcluir
  5. Somos cercados de ternuras, beijo Lisette.

    ResponderExcluir

  6. Olá

    Meus desejos de um maravilhoso, bom fim de semana. Mas, quero falar de futebol, já que estamos, no período de reta final, da Copa do Mundo. Vamos falar sim. Mas, lá no meu blogue. " Tô te esperando "
    Abraços

    ResponderExcluir
  7. Eu queria que as asas de uma borboleta, trouxessem -me agora, o cheiro da brisa e o sabor da lua...
    Beijos, Araan!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. AH! Como seria bom, Shirley
      Beijinhos.

      Excluir
  8. Eu queria que as asas de uma borboleta, trouxessem -me agora, o cheiro da brisa e o sabor da lua...
    Beijos, Araan!!!

    ResponderExcluir
  9. Bonita e alegre publicação...Gostei de ler

    Deixo cumprimentos

    http://pensamentosedevaneiosdoaguialivre.blogspot.pt/

    ResponderExcluir

OBRIGADA PELA VISITA!
VOLTEM SEMPRE....BEIJINHOS...ARAAN.